Há anos venho estudando o comportamento da mulher nos tempos atuais. Este espaço destina-se a analisar os reflexos (positivos e negativos) decorrentes do movimento feminista, através de textos escritos por mim e outros autores.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

ACOLHER O DESAFIO

Uma universitária, trajando um micro vestido vermelho (alguns dizem que é rosa pink), entra na faculdade para assistir as aulas do dia. Ao passar por um grupo de rapazes todos se excitam. Esta excitação se propaga, e como numa progressão geométrica, outros rapazes são atingidos por ela. Acontece a anarquia, o tumulto se instala e é necessária a presença da polícia para escoltar a universitária que estava na eminência de ser linchada.
Muitas mulheres usam micro vestidos, então porque este caso teve esse desfecho e essa repercussão internacional? A primeira reação ao acontecimento foi a defesa pela liberdade de vestir-se. Com isso, a estrela que brilhou na mídia foi “o micro vestido vermelho (ou rosa pink).
É isto mesmo. Todos deram foco no vestido e não levaram em consideração a postura provocante e desafiadora da universitária.
Este episódio retrata muito bem uma das conseqüências negativas do movimento feminista. As mulheres, no geral, estão tendo esta postura, provocante e desafiadora, perante os homens. Quando saímos em busca dos nossos direitos tivemos que adotar uma atitude masculina (não poderia ser de outra forma) e eles ficaram paralisados. Agora eles estão indo para o ataque, numa tentativa de nos conter (a prova disso é o aparecimento das delegacias de mulheres por causa do aumento dos casos de agressões). Claro que nada justifica o que ocorreu nesta faculdade. Mas este fato serve para nos fazer refletir...
É chegado o momento das mulheres repensarem o seu feminino. Já provamos que somos competentes e tão capazes quanto os homens. Vamos parar de atacá-los!
O mar, quando chega ao continente, se revolta e se enfurece jogando a sua ira, simbolizada pelas ondas (muitas vezes gigantescas). E ali ele encontra a praia, bela e tranquila, que sem temer represália, o recebe e o acolhe carinhosamente. Ele se acalma e se entrega a ela, acolhendo-a também. A praia cumpriu o seu papel, sem se desintegrar e sem perder a sua majestosa beleza.
Vemos, portanto, por essa analogia, que provocar e desafiar é uma atitude masculina, enquanto que a atitude feminina é receber e acolher. Não numa postura passiva e submissa (como era no passado), mas tendo consciência que este é o nosso papel. Com certeza, evitaremos no futuro, agressões e conturbações na nossa vida, e teremos relacionamentos mais sadios e duradouros.
Portanto, mulheres tornemo-nos praia!!!
"Geisa Machado"

25 comentários:

  1. Você foi muito inteligente no seu texto, como no outro também, do príncipe.A mulher não precisa deixar de ser feminina pra feminista.Cada vez que a mulher quis "imitar" o homem, deixando de ser ela mesma, ela não foi bem.Não vou alongar muito,mas veja a super exposição da mulher na tv, a mulher tomando inciativa demais na parte sexual,tudo isso é danoso contra a mulher. A própria da universidade já está aparecendo em programas de tv, já vai posar nua. Já deu um jeito de ganhar um dinheirinho.Aí depois fica difícil pedir consideração, se a mulher mesma não cuida disso. Deve ter umas 4 semanas, no finalzinho do Fantástico, deram nóticia que um comentarista da rede e ex medalhista olímpico, agrediu fisicamente a esposa. Deu até delegacia no caso.Mas foi abafado, não se falou mais disso. Foi abafado porque o cara trabalha na rede? Cadê a tal lei "Maria da Penha?". Adianta fazer campanha contra violência `a mulher se um canal poderoso de tv acoberta o que fez um de seus funcionários? Cadê as ongs, os movimentos femininos que deixaram isso no silêncio? Sou leigo nisso, mas essas perguntas me incomodam. Parabéns mais uma vez.Beijos

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente, no meu ponto de vista, e até masculino tambem, penso que toda a midia, todas as medidas tomadas contra essa menina foram descabidas, não acredito que num país como o nosso, com o clima como o nosso, com as imagens que vemos no dia a dia, aida cause esse tumulto uma mulher trajano um vestido micro...será? expulsa la, depois rever a posição, foi totalmente insana,,,um beijo e uma linda semana pra ti.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia :)
    Que sua semana seja repleta de coisas boas
    beijossss

    ResponderExcluir
  4. Esse caso da moça do vestido vermelho vem mesmo dando o que falar, né?
    Acho que houve exagero no comportamento da massa, e por outro lado, a moça admitiu (vi em uma das inúmeras entrevistas que ela, agora celebridade instatânea, deu) que ela provocou. Não há dúvidas que ela provocou, e de ambas as partes eu enxerguei um comportamento discutível: ela por ter procurado chamar a atenção da pior forma possível, e a massa por ter aceitado a provocação como se fosse irracionais e retrógrados até a alma... tsc tsc tsc...

    Penso cá comigo que uma das consequências do feminismo foi mesmo a mulher não saber usar a liberdade que adquiriu ao seu favor. É lamentável ter que ver certas coisas...

    ResponderExcluir
  5. Pois é pessoal, o que me preocupa são mulheres querendo ser como esta universitária para virar celebridade instantânea (como disse a Lidiane) ou ganhar um dinheirinho (como disse o Carlos). Imitar o comportamento dela é favorecer esta imagem do feminino degradante e deprimente.
    E o tumulto não foi causado pelo vestido e sim pela postura arrogante da garota.
    Obrigada pela participação!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o texto e leva a reflexão. Me faz pensar que a mulher não acredita mais na sensualidade natural que tem,o poder nato e partiu para a vulgaridade para ser "notada",na "ação" de provocar,recebeu a "reação" tb instantãnea sem justificativa aparente,pois, " o buraco é mais embaixo", parecia a arena com leões. Amei o assunto e o alerta! bjão

    ResponderExcluir
  7. GEISA, gostaria de dizer-lhe que você emplacou mas um excelente texto, sobre tão controverso assunto.

    Irretocável!

    Também Geisa, gostaria de parabenizar-me com seus inteligentes, ponderados e lúcidos comentaristas alguns , também honrando-me com suas presenças nos meus blogs.

    Estamos em festa! Ainda bem .

    Um sincero abração carioca!

    ResponderExcluir
  8. Você coloca de forma ímpar sua opinião e nos leva a reflexão em seus textos, isso nos prende.


    Parabéns pelo blog, cada vez melhor.

    Beijos com carinho no teu ♥

    ResponderExcluir
  9. Bingo Geisa, mais uma vez! Que bom seria se diante de toda essa especulação desastrosa diante desse caso, tivéssemos esse texto inteligente publicado e expondo o que realmente precisamos acordar para entender.

    ResponderExcluir
  10. parabéns pelo seu texto..muito bem escrito. achei ridícula a forma que deram destaque a uma coisa tão simples. pareciam uns trogloditas fazendo barulho por nada. que triste ..universitários com essa atitude.. que páis é esse ? beijos querida

    ResponderExcluir
  11. Oi Geisa!

    Em primeiro lugar, obrigada pela visita ao meu blog e pelas palavras de carinho. Apareça sempre que desejar. Ficarei muito feliz.

    Seja bem vinda a este mundo bacana, alegre e fabuloso que é a blogsfera. Aqui vc terá a oportunidade de trocar idéias e conhecer pessoas interessantes que compartilham pensamentos e tem muito a nos ensinar. Assim que comecei a escrever um amigo muito querido e ja antig0 aqui no mundo virtual me deu 3 dicas legais para aprender a conviver neste meio. Então, se vc não se importar vou citá-las para vc.

    1) Seja educada - sempre que alguém visitar seu blog e deixar um comentário responda coma atenção. Se vc gostar de fato do blog siga em frente, se não gostar, agradeça e não apareça mais, se vc observar que não tem nada haver com vc.

    2) Tente escrever no mínimo de um a dois textos por semana. A vida ta corrida, mas, não tem jeito, temos de manter o blog atualizado.

    3) Visite e leia os textos de seus amigos e se vc gostar do assunto, deixe sua opinião.

    Gostei bastante de seu último texto e compartilho da mesma opinião. Como comentei antes, as mulheres ao longo de sua história lutaram tanto para conseguir o direito de igualdade, de serem reconhecidas como os homens. Porém, de uns tempos para ca esta visão esta se deturpando. O que tenho observado nestas duas últimas décadas é que a mulherada de uma forma geral, que ser igual ao homem no pior que o homem é. Liberdade sem limites e sem conseqüências. Tivemos um trabalho tão grande e tão sofrido para ver o que estamos vendo.

    Recentemente, um amigo blogueiro (que mora em Salvador), escreveu um texto falando sobre uma professora primária que foi demitida da escolha onde trabalhava, por causa de um vídeo que foi parar na net, onde mostrava ela dançando ao som de um grupo bahiano a música “Ta tudo enfiado”. Tive a oportunidade de ver o tal vídeo e ali, são mostradas moças dançando, rebolando e como diz a tal letra com suas calcinhas sendo puxadas e enfiadas para todo o público ver. Uma cena nada bacana, ainda mais protagonizada por mulheres.

    Enfim, nada contra o lazer e divertimento. Todos nós temos esse direito. So que da forma como as mulheres se comportavam ali, não ficou legal. Aquilo é o tipo de coisa que deve ser feita entre 4 paredes, com que você quiser e se sentir bem. Não fica bonito para ninguém, tanto para mulheres como para homens.

    O caso desta moça reflete como a mulher tenta se mostrar hj: bonita, gostosa, sexy, atraente, não importa o local e nem quem esteja lá. Evidente que a atitude dos rapazes foi grosseira e desnecessária (queriam aparecer), mas, a atitude da estudante tb não foi correta. Sou mulher e adoro andar bonita, bem arrumada. Gosto de mostrar minha beleza. No entanto, existe um comportamento e uma forma de me vestir para cada ocasião. Tudo é uma questão de bom senso. Coisa que ta faltando em muitas mulheres atualmente.

    Bem, vou parando por aqui, senão daqui a pouco vou escrever um artigo.....rsrs

    Um abraço e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  12. Oi querida , quem indicou seu blog foi a Elaine (na asas da coruja) entrei a adorei seu texto
    Quando a menina do vestido rosa concordo com vc em tudo e tambem acho que teve um outro problema ,para alguns , ela esta fora do patrão de bela (gordinha)
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá Geise,
    Também estou chegando aqui pela mão da amiga Elaiane. E estou gostando da maneira como escreve, e os assuntos que aborda aqui no seu
    blog.
    Sou desde sempre pela igualdade da mulher, acho que elas devem mostrar toda a sua beleza
    e cada coisa no seu lugar.
    E como diz a Elaiane e muito bem o buraco é mais abaixo.

    Um beijo, José

    ResponderExcluir
  14. Um dia lindo cheio de paz e poesia pra ti querida,,,beijos na alma.

    ResponderExcluir
  15. Oi minha querida,

    Primeiramente desculpe-me por somente agora ter lido seus maravilhosos textos, mas como você mesma diz "Estava me preparando" rs... para obter estas novas e preciosas informações.
    Muito do que li me indentifiquei e acredito que nós Mulheres pensamos e nos esforçamos tanto para nos igualar aos Homens que acabamos perdendo nossa essência!
    Sou suspeita pra falar! Porque afinal se hoje em dia me considero uma "Mulher de Fato" que busca seu conhecimento interno é graças a você!
    Obrigada por nunca ter desistido de mim!

    Com carinho,
    Mariana

    ResponderExcluir
  16. Um otimo final de semana pra ti querida,,,,beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Parabéns pelo texto e obrigada pela visita.

    Acredito, sim, que temos o dom de aplacar (de sermos praia) e não podemos perder isso. Gosto da delicadeza que tenho, da fala serena diante de uma situação adversa, gosto de cuidar, mas quero ser cuidada. Quero igualdade de direitos, mas sendo quem sou - apaziguadora, delicada - MULHER/FEMININA.

    Beijos e parabéns por mais um lindo/inteligente texto!

    ResponderExcluir
  18. Pois é Geisa, quanto há o que se rever com este fato!
    O complicado é saber a medida das coisas e quantas medidas estão passadas da conta, qual o fundamento do comprimento deste vestido, da intensidade do comportamento dos demais e por ai vai, gde abraço

    ResponderExcluir
  19. Querida, vim dizer que estou com saudades de te ler.
    Desejo um final de domingo de muita paz e uma semana pela de realizações.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  20. Acredito que tenha sido uma jogada de markting, que deu certo, vejo essa moça aí, o tempo todo na mídia. Isso mostra que não estamos sabendo escolher o que é o bom. E, também, não estamos nos dando o verdadeiro valor.
    Aprendo muito com seus textos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Putz, carecia me fazer chorar amiga? Adorei seu comentário e tocou fundo minha alma. Obrigada pela amizade de tantos anos, por esse carinho e as palavras tão bonitas. Espero que tenha gostado de ver seu blog no link da "Árvore Bloguealógica" termo que inventei de rompante rs...E os selos. Desejo a mesma felicidade para você que sinto hoje rodeada de tantos amigos e tanto carinho. bjão

    ResponderExcluir
  22. GEISA, mais tarde passo para comntar este texto que pela olhadela que dei é fantástico!

    Porém queria que você soubesse que já temos o resultado das propostas lá no FOTOFALaDA e mais uma grande surprêsa para vocês.

    Agora é a vez das muheres.Um show de beleza, e charme masculino à disposição das minhas amigas.

    Um abração carioca!!!!

    ResponderExcluir
  23. Oi Geisa,
    Esse caso realmente deu o que falar, mas não acho até que seja pelo comprimento do vestido da menina não, mas sim, pela falta de valores em geral que temos visto em nossa sociedade. Não acho que ela deveria estar na midia como a moça do vestido rosa curto, mas sim, pela falta de valor por ela mesma como pessoa, como mulher... me dá pena..sinceramente.
    Bjs carinhosos e tem selinho pra você lá no meu blog tá? caso voce aceite, passa lá pra pegar ok?
    Márcia

    ResponderExcluir
  24. É incrível como este fato mexe com nossos conteúdos internos que estão atrelados a valores.
    Obrigada meus amigos pelos comentários tão bem colocados e com muito bom senso!

    ResponderExcluir
  25. Geisa querida...
    To passando por aqui pra deixar um doce beijo...
    Volto antes do natal
    Márcia

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI O SEU CHARME EXPRESSO EM PALAVRAS