Há anos venho estudando o comportamento da mulher nos tempos atuais. Este espaço destina-se a analisar os reflexos (positivos e negativos) decorrentes do movimento feminista, através de textos escritos por mim e outros autores.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

FRUSTRAÇÃO X EXPECTATIVA

Vimos no post anterior que necessitamos diminuir as expectativas para termos menos frustrações. Ao contrário do que possa parecer, as expectativas fazem parte de nossas vidas. É impossível viver sem elas, pois é nelas que depositamos a esperança de conseguirmos realizar um sonho, ou um desejo. Viver sem expectativa é viver uma vida sem sentido, é tornar o nosso dia a dia cinzento.
Igualmente as frustrações fazem parte de nossas vidas. Elas, na medida certa, aprimoram e fortalecem o nosso caráter, através do esforço e da luta para irmos em busca de uma realização. A pessoa que foi criada sempre tendo os seus desejos atendidos e nunca ouviu um “não” como resposta, pode se tornar alguém mimado, fútil, superficial e acabar pisando e passando por cima dos sentimentos dos outros só para atingir os seus objetivos. Pessoas que são popularmente conhecidas como “a (o) que tem temperamento forte”, normalmente são aquelas que gritam e brigam para impor suas opiniões. Na verdade, elas têm uma “personalidade fraca” porque não aceitam e não aguentam frustrações.
Lembra de “a vida ficar sem sentido”, que citei no 1º parágrafo? Eis o círculo vicioso: grandes expectativas levam a grandes frustrações, que por sua vez levam a grandes decepções gerando grande sofrimento. Este círculo acaba levando a pessoa a entrar em exaustão e ela começa a ter medo de desejar algo porque já prevê a dor. Consequentemente acionam seu mecanismo de defesa, acabando por se tornar, aparentemente, insensíveis e frias. Na verdade, a maioria delas não perdeu a fé na vida, no amor e nos seus semelhantes. Elas, simplesmente, se fecham porque não agüentam mais sofrer decepções.
Todo mundo busca o equilíbrio (físico, psíquico e emocional), porém não existem fórmulas para atingi-lo. E nem poderia, porque só se atinge o equilíbrio através da observação de si. Na percepção e ajuste do próprio radicalismo.
O meu alerta é sempre para observarmos se não estamos sendo demasiadamente radicais em algumas atitudes e comportamentos, porque é dessa forma que conseguiremos realizar os nossos sonhos, tendo uma vida plena e satisfatória.






Por falar em satisfação, eu tenho a imensa satisfação de fazer parte deste grupo de amigas. Mulheres fantásticas que embelezam, com inteligência, graça e charme, o nosso mundo da blogosfera. Nós nos conhecemos aqui, nos encontramos, criamos uma grande amizade e montamos um blog, o “Bloggirls” Dê uma passada lá para brindar conosco a alegria de estarmos todos juntos.


"Geisa Machado"

25 comentários:

  1. Viver sem expectativas é viver por viver...
    Amei o post amiga, acho que estav precisando ler algo assim.
    E o cabelo, não vai cortar não?
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  2. Geisa,seu texto não poderia ser mais verdadeiro!Viver sem expectativas deve ser muito triste!Devemos sonhar e lutar para realizar nossos sonhos!Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Bem, eu vivo de expectativas, aliás até por demais.
    Sonho, pois sem meus sonhos não me sinto eu.
    Me frustro? Sim, muitas vezes, mas em cada frustração aprendo um cadinho mais, e assim vou vivendo.

    Beijos amiga.

    ResponderExcluir
  4. Oi Geisa...mesmo não deixando comemntários passo aki com muita mais frequência que vc imagina...estou fazendo pré-vestibular e minha inspiração para as redações saem daqui... a última eu tinha que falar sobre a elução da mulher e os diversos comentários machista da sociedade...ah! já ia me esquecendo, teve um debate em sala e um dia antes eu estava lendo no seu blog "paradigma...parte II" era exatamente o tema ... falei sobre o experimento das ciêntistas com os macacos... foi muito legal!

    Continue escrevendo que eu continuarei lendo...Um Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Olá Geisa! Obrigada pela visita. escusado será dizer que este é mais um belíssimo post! falando das coisas da vida,que a Geisa! Conhece tão bem,e explica ainda melhor.
    Quanto às Bloggirls,eu costume dizer que são meia dúzia de mulheres bonitas, bem dispostas,e acima de tudo muito humanas, há uma que eu conhece menos, mas se está ali, tem que ser boa gente...

    beijinho,José

    ResponderExcluir
  6. Ola guerida amiga.Um lindo final de semana e uma semana inteirinha de muito amor para você também! Felipe

    ResponderExcluir
  7. Aí estão as mulheres poderosas do "Thegirls".
    Passando pra desejar um felicíssimo fim de semana.
    Sofri um acidente esta semana, está postado lá, depois volto com mais tempo. Fica com Deus.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom falar mais uma vez nesse assunto amarrrando o post anterior.Concordo que sem expectativas o mundo fica cinzento,sempre crio alguma com o trabalho,nem sei se é esperança,as vezes me confundo. Nos relacionamentos em geral creio que quando fazemos um movimento ficamos na expectativa que dê certo. Apenas hoje para mim a diferença é quando não dá,não caio,nem me desespero mais.Esta semana ainda pensei nisso,os amigos que ajudaram a Monique lá na Irlanda, tinham uma expectativa em relação a ela aproveitar a oportunidade. Reuniram-se num jantar,quando a amiga que mais a ajudou falou que ela foi além de todas as expectativas,fala ingles melhor que todos que já estavam lá,se vira sozinha com pouco dinheiro e se movimenta muito bem por lá. Creio que se ela não tivesse atingido as expectativas deles, suas vidas não mudariam por isso, apenas ficariam decepcionados. Creio que isso acontece o tempo todo,apenas devemos esperar também que as coisas não saiam como planejamos. Amei! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  9. Mais uma vez concordo com você, apenas gostaria de acrescentar que, na minha opinião, a pessoa até poderia criar alguma expectativa, mas desde que tivesse maturidade suficiente para se bancar na hora do "não deu certo". Mas, é aí que está a parte mais difícil, então, o melhor é não tê-la. Beijo grande!

    ResponderExcluir
  10. Não gosto muito de viver na expectativa , mas mesmo assim ela sempre aparece rsrsr
    O blog girls esta otimo
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Lindas,todas.
    Amigas são as irmãs que Deus nos permitiu escolher.
    Tenho amigas maravilhosas e tres especiais,que me acompanham como irmas,há mais ou menos 40 anos.
    A postagem sobre Expectativa e Frustação você parece ter escrito para mim,tanto me identifiquei com suas palvras.
    Boa semana para você.
    Beijos
    TECA

    ResponderExcluir
  12. Olá Geisa, venho do Bloggirls, não conhecia seu blog, gostei muito, principalmente o tema que você abordou,nossa vida nada mais é que uma grande expectativa, pois cada segundo pode nos reservar um grande surpresa.Portanto devemos viver um dia de cada vez.Belíssimo texto. Beijocas

    ResponderExcluir
  13. OI GEISA,

    expectativas, motivações, sonhos, como o ser humano é pródigo em criar , juntar e formar palavras redundantes...

    O texto está corretíssimo, e também concordo que um ser humano sem expectativas é pássaro sem asas.

    Fica igual a lagarta dentro de um indesejável casulo e não consuma a ordem natural e o determinismo da natureza que é transformarsse em borboleta.

    É certo que a expectativa alucinantes,móbidas desmedidas, incontroláveis e sem parâmetros mínimos para a sua viabilização é mero surto esquizoide, inconsequente.

    Quem já não se frustou? Quem já não desejou o inalcansável, apostando tudo numa só alternativa?

    Enfim, neste cadinho de letras, palavras, adjetivos e conceituações, vamos por aí procurando, na maioria das vezes nos lugares errados nossas oportunidades e a sorte, as vezes está tão explícita e fácil de encontrar.

    E se nos apresenta.

    E a ignoramos!

    Isto me lembra a história de um sujeito que acordava de madrugada para pescar e ia para a beira do rio.

    Enquanto, o sol não nascia ele ficava pensando como poderia , melhorar de vida, ter mais condições para manter a família.

    E sempre pensava isso, pegando na escuridão pedrinhas na areia , onde sentava e jogando-as na água.

    Sempre!

    Um dia,seguindo o mesmo ritual, um fortuito raio de sol, brilhou inesperadamente e incidiu sobre uma pedra que ia jogar no rio que brilhou intensamente.

    Era um diamante!

    E quantas pedrinhas de diamantes aquele pescador , naquele mesmo lugar,durante tanto tempo, já não havia jogado fora?

    Nós fazemos, exatamente, o mesmo com as maioria das nossas expectativas!

    Ou as dimensionamos erradamente, ou quando corretas, não sabemos como conquistá-las, chegar até elas e, simplesmente as abandonamos, jogando-as fora.

    Existem, na realidade pessoas que apenas gostam de sonhar mais sobre expectativas,do que realizá-las, pois realmente Geisa, querem móbidamente, viverem na escuridão das suas frustrações.

    Nunca admitem, que o casulo é protetor, mas a lagarta terá que sofrer uma metamorfose inadiável, a curto prazo.

    A maioria de nós , esquece de voar certo, na altura compatível, e para viabilizar expectativas viáveis, e não sonhos de Ícaro.

    Um dia destes escutei isso!

    Um abração carioca!

    ResponderExcluir
  14. oi querida.. é assustador ler seu texto e me descobrir nele..esse viver sem expectativas é ruim demais.. obrigada amiga pelo dia de ontem..amei cada segundo.. vc é uma moleka sapeka..uma rajada de ar fresco..uma alegria linda de viver.. amo vc amiga.. beijao e que sua segunda seja maravilhosa..beijão

    ResponderExcluir
  15. Tenho muito o que aprender em relação as expectativas. Mantenho uma cobrança exaustiva sobre mim, me cobro demais e quase sempre as expectativas acabam por virarem uma ansiedade desgastante, mas estou aprendendo... na dor e no amor rsrs e aqui lendo seus posts.

    Pois é não consigo ficar longe, mesmo quando o tempo esta tão curtinho.

    Que mulheres poderosas, bonitas, inteligentes... sou fã, BEIJOSSSSSSSSS.

    ResponderExcluir
  16. A expectativa é que move a gente.Sem ela a vida não tem cor, nem sentido. Quanto às pessoas, eu sou um otimista, estou sempre esperando coisas boas, ainda que decepcionem. Ótimo tema. Beijos

    ResponderExcluir
  17. Para mim é uma felicidade ter por lá no meu cantinho pessoas como a Geisa,obrigada pelas suas gentis palavras.

    Tive a ler os comentários, e tenho que concordar com o Paula, quantas vezes a gente não faz como o pescador das madrugadas.

    Um beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  18. OIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!
    Um sábado lindo para vc.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Obáaaaaa! Sou a seguidora nº 100.
    HEHEHEHEHEHEHEHEHE.
    Bejim

    ResponderExcluir
  20. Oi Geisa!

    Ótimo texto!! Suas palavras sempre me levam a refletir sobre o tema. Preciso aprender a lidar com minhas expectativas. As vezes a forma como vejo ou encaro algo me atrapalha. Estou tentando corrigir isso e acredito que vou conseguir. To trabalhando em prol deste objetivo.

    Geisa, gostei muito de suas palavras lá no blog e vc está certa. Muitas pessoas vem até mim desabafar, contar suas angústias, pedir conselhos ou simplesmente falar. Engraçado, sempre foi assim ao longo de minha vida. No geral, sou calma e tenho paciência para ouviir os outros. Gosto muito de poder compartilhar idéias e pensamentos. Enfim, tenho vontade sim de fazer Psicologia e acredito que me daria bem nesta profissão. Este é um projeto que tenho para o futuro.

    Que bom que gostou do filme. Ja imaginava que fosse agradar. Para quem trabalha na área de educação é um material muito interessante para ajudar professores e orientadores.

    Eu trabalho em um Sindicato de professores do estado do RJ, chamado UPPES. Trabalho lá há 13 anos. O tempo passa bem rápido né e as vezes nem acredito que estou há tanto tempo.
    Não conheço o sindicato que vc citou. Na verdade conheço os do estado do RIo, pois na época em que fiz faculdade, minha monografia foi sobre: "a atuação da mulher, professora, líder e ativista sindical". Como trabalho em um local onde toda a diretoria é composta somente por mulheres, isto me chamou a atenção. No geral, vemos diretorias compostas majoritariamente por homens, tendo 1 ou 2 mulheres na equipe. Este fato acabou me chamando a atenção e me levou a pesquisar sobre o tema.
    Que legal saber que vc atua como palestrante. Gostaria de ter a chance de assistir uma de suas palestras que deve ser excelente.
    Aqui no meu trabalho, temos uma psicóloga que faz este trabalho nas escolas. Ela visita escolas de todo o estado do Rio para falar sobre a saúde emocional do professor.

    Ai melhor eu parar por aqui, senão não paro de escrever......rsrsrs

    Um beijinho carinhoso.
    PS. vc tem orkut?

    ResponderExcluir
  21. Olá...!

    Sabes...? O meu blog conta já com um ano...! E para a ocasião escrevi algo que também é para ti... e, de passagem, podes ver que há um selo que podes levar, se assim o quiseres... Pois, como o seu nome indica, serve para "selar" este vínculo que nos uniu neste tempo transcorrido..., isso me encantaria..., e faria completo este festejo e a minha alegria...!
    Ou se não..., ofereço-te uma flor de Ceibo que é a flor do meu país: Argentina.

    Obrigado pela tua presença...!

    Cumprimentos,

    SERGIO.

    ResponderExcluir
  22. Desejos de uma semana maravilhosa!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. É assim que vejo a inúmeras possibilidades. Gosto sempre da perspectiva.
    Penso que é possível desde que possa escolher o sonho e sonhá-lo acordado.
    Bela abordagem Geisa.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  24. Querida amiga...

    Pois é, Deus escreve certo por linhas tortas não é ???
    E aí, o que fazer ???
    Chorar,esperniar,gritar,xingar, querer sumir do mapa??? Pra quê,nada disso resolve, pois o importante mesmo, é prosseguir, e levar sempre dentro do coração a " FÉ ". Pois é nela que nos apegamos com unhas e dentes porque " Deus é o Maior, Ele Tudo Pode "
    Voce bem sabe, que estamos unidas pelo mesmo laço ha muitos anos, e sendo assim conhece bem a minha história de vida.
    Há tempos, venho lendo e gostando muito das suas matérias,que por sinal são sempre muito boas e interessantes, mais vem cá, essa última vc arrasou heim...mexeu mto com o meu coração.
    Trata-se da " FÉ ",uma palavra pequenina, porém com um grande significado.
    Adorei voce ter colocado no seu blog a sua vivência "Pé Quebrado", pode acreditar, voce estará ajudando muitas pessoas a enxergar o problema por um outro ângulo. Escrever a própria experiência é " tudo.de.bom.com ", vc não acha ??? rsrsrsrsrsrsrs...claro que, qdo elas são boas melhor ainda...rsrsrsrsrsrsr

    Geisamiris, super obrigada por tudo,pelo carinho, amizade, e principalmente em saber ouvir sempre os meus problemas dando-me palavras de conforto e indicações para novos caminhos.
    Sou sua fã de carteirinha viu !!!
    Sempre...sempre muita LUZ em seu coração.
    Ti amooo de montão

    Bjus/Clacla

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI O SEU CHARME EXPRESSO EM PALAVRAS